Notícia
Assuntos relacionados à prevenção e combate ao roubo de cargas chegam ao Sul
Postado em: 20/09/2016
Assuntos relacionados à prevenção e combate ao roubo de cargas chegam ao Sul
Os assuntos relacionados ao roubo de cargas e às ações de combate ao delito estão ganhando cada vez mais espaço nos segmento. Agora, foi a vez de Curitiba sediar o 1º Encontro de Segurança do TRC das Regiões Sudeste e Sul: Ações de Integração, nos dias 13 e 14 de setembro. O evento, promovido pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas no Estado do Paraná (Setcepar) e pela Federação das Empresas de Transporte de Cargas (Fetranspar), foi realizado na própria sede do sindicato e reuniu dirigentes do transporte rodoviário de cargas, autoridades policiais e especialistas para discutir estratégias. Convidado para estar no encontro, o Transcares foi representado pelo superintendente, Mario Natali, e pelo delegado-chefe da Divisão Patrimonial da Polícia Civil do Espírito Santo, Guilherme Daré.

Além dos representantes capixabas, estavam no Sul os anfitriões, coronel Sérgio Luiz Melucelli e Gilberto Cantú, respectivamente os presidentes da Fetranspar e do Setcepar, José Hélio Fernandes, presidente da NTC&Logística, Roberto Mira, vice-presidente de Segurança da entidade nacional, coronel Paulo Roberto de Souza, o assessor de Segurança da NTC, Maria Alice Nascimento Souza, diretora-geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), e André Fagundes, coordenador -geral de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Cerca de 150 pessoas participou dos dois dias de evento.

Coronel Souza deu início às palestras do encontro, apresentando o panorama nacional e as ações institucionais no combate aos roubos de carga. Depois dele, a Polícia Federal abordou como é sua atuação no combate a esses delitos, e a seguir veio a apresentação da PRF.

O segundo dia foi exclusivo para autoridades de segurança pública dos estados convidados. Os representantes foram convidados a palestrar sobre a situação do roubo e furto de cargas dos seus estados, as ações desenvolvidas pelos órgãos de segurança e as sugestões com vistas à integração de ações no combate ao crime. Quando chegou a vez do Espírito Santo, Daré e Natali apresentaram os números do crime em solo capixaba e as propostas capixabas.

Dentre as propostas levadas ao evento estão o reexame do regramento legal de combate à receptação de cargas roubadas, com o agravamento das penas para empresas envolvidas e o perdimento de bens; estímulo aos estados que regulamentem normas para a cassação das inscrições fiscais de empresas envolvidas nessas práticas; criação, em nível local e nacional, de uma grade curricular mínima, através do Sest Senat, para a capacitação de agentes públicos envolvidos no combate ao furto e roubo de cargas; implementação de reuniões em nível nacional, com apoio da Senasp, e de uma cultura mais proativa junto aos órgãos de segurança para que promovam a estatística relativa ao furto, roubo e receptação de cargas como uma prática criminosa importante; e estreitamento de relações entre os diversos órgãos e segmentos ligados ao transporte de cargas para monitoramento e combate ao delio através de várias ferramentas, dentre elas as redes sociais.

“Com relação às reuniões em nível nacional, que foi uma sugestão de todo o segmento, a Senasp não apenas aceitou a proposta como vai fazer a primeira em março de 2017, em Brasília”, destacou Natali.

O 1º Encontro de Segurança do TRC das Regiões Sudeste e Sul: Ações de Integração reuniu representantes do Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Galeria de Fotos
1


Voltar!