Notícia
Brasil e Paraguai definem local de construção de ponte internacional
Postado em: 16/09/2016
Brasil e Paraguai definem local de construção de ponte internacional
Brasil e Paraguai construirão uma ponte internacional sobre o Rio Paraguai. Ela ligará as cidades de Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, e Carmelo Peralta, no país vizinho, e deverá servir de ponto inicial da Rota Bioceânica, projeto para unir Brasil, Paraguai, Argentina e Chile por meio de um corredor rodoviário.
Na semana passada, uma equipe do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), juntamente com autoridades paraguaias, realizou uma visita à região para definir o local do empreendimento. Agora, serão realizados estudos necessários para a concepção do trajeto.

O acordo para o início do projeto de construção da ponte foi assinado no dia 8 de julho entre o Dnit, pelo lado brasileiro, e o Ministério de Obras Públicas e Comunicações, pelo lado paraguaio. Os custos decorrentes da elaboração dos estudos, projetos e construção da ponte serão compartilhados igualmente pelos dois países.

Rota Bioceânica

Em 21 de dezembro de 2015, os presidentes do Brasil, Paraguai, Argentina e Chile assinaram a Declaração de Assunção, por meio da qual foi criado o Grupo de Trabalho para realizar estudos técnicos e empreender ações que viabilizem o Corredor Rodoviário Bioceânico Porto Murtinho-Portos do Norte do Chile.

A expectativa é que, com o funcionamento do Corredor Rodoviário Bioceânico, os caminhões levem em média três dias para percorrer os 1,8 mil quilômetros que separam Porto Murtinho dos Portos do Norte do Chile.

Hoje, os produtos brasileiros precisam seguir para o litoral para serem exportados. O principal destino é o Porto de Santos.
A estimativa é que, após implementado - previsão inicial de operação para 2021 -, o trajeto diminua em até 14 dias o prazo para importação e exportação de produtos para a Ásia e Oceania.

Fonte: Agência CNT de Notícias. Com informações do Dnit


Voltar!