Notícia
Contagem regressiva para o Destaque 2019
Postado em: 07/11/2019
Contagem regressiva para o Destaque 2019

Os trabalhadores do setor de transportes já estão em ritmo de contagem regressiva. Na sexta-feira, 29 de novembro, será realizada a edição 2019 do Prêmio Destaque – Trabalhador do Transporte e Logística do Espírito Santo. Ao todo, 38 candidatos estão concorrendo ao título deste ano, nas categorias Transporte & Logística e Motorista das regiões Norte, Sul e da Grande Vitória. O anúncio dos melhores profissionais do ano será feito, como de costume, numa grande festa, no Centro de Convenções de Vitória, a partir das 20 horas.


Como um grande espetáculo, o Destaque é dividido em “atos” – apresentação do Regulamento às empresas do setor, em julho; entrega do Relatório de Inscrição do candidato à Fetransportes ou unidades do Sest Senat, até 20 de setembro; julgamento dos candidatos, dia 222 de outubro; e cerimônia de premiação.


Ato que antecede à grande noite, o julgamento dos candidatos reúne um corpo de jurados – todos formadores de opinião –, no auditório do Setpes, em Vitória, para avaliar os currículos dos trabalhadores que estão na disputa. Tais currículos contam um pouco a trajetória dos candidatos nas suas respectivas empresas e com base nessas informações, os jurados dão notas aos concorrentes. Este ano, o Júri do Prêmio Destaque contou com a presença de 14 convidados.


Novidades para 2019


O Regulamento do Prêmio Destaque 2019 tem três novidades – novidades estas que podem fazer grande diferença no processo como um todo. A partir de agora, para concorrer, o candidato só precisa ter, no mínimo, um ano de registro na empresa inscrita no Destaque. Até ano passado, era exigido dois anos no sistema e um ano de empresa.


Os primeiros colocados do Destaque não podem mais concorrem, certo? Errado! Até a edição de 2018, de fato, campeões de edições passadas ficavam de fora. Mas essa regra também foi flexibilizada e somente os vencedores dos últimos três anos nas categorias Motorista e Transporte & Logística não poderão brigar pelo certificado, troféu e premiação em dinheiro. Na prática, isso significa que os vencedores de 2018, 2017 e 2016 estão fora.


E a última modificação, que agradou em cheio muita gente que participou dos eventos de apresentação, diz respeito à autenticação das cópias de certificados dos cursos de capacitação dos candidatos. A corrida aos cartórios não será mais necessária e a empresa de auditoria que acompanha todo o Prêmio Destaque, a Baker Tilly Brasil, vai aceitar as cópias simples dos comprovantes de treinamento.


“Essa foi uma mudança para desburocratizar nosso prêmio. Muitas empresas reclamavam do trabalho e do custo que essa cláusula gerava. Então, decidimos mudar, simplificar”, destacou Ferraz.


No entanto, ele alerta, caso fique comprovado, ao longo do processo do prêmio, que algum documento apresentado não seja verdadeiro, a empresa será suspensa do Prêmio Destaque por três anos.

Fonte: Fetransportes



Voltar!